Feliz dia dos namorados... Para os solteiros!

By | terça-feira, junho 12, 2012 Leave a Comment
Primeiramente, FELIZ DIA DOS NAMORADOS (para os pombinhos)! Nós, do Escolhendo Livros, desejamos que nossos leitores comprometidos continuem muito bem enrolados  e felizes. Aproveitem a data para comemorar com aquilo que realmente há de especial na sua relação, mesmo que isso signifique um abuso considerável na fatura do seu cartão de crédito... Ok, ok, vamos esquecer a porcentagem consumista que esse dia tem (99,99999%) e relevar o lado sensível da coisa. Você sabe, aquele no qual o que realmente importa é vocês estarem juntos.

Ou não.





Quer dizer, podem me chamar de amargo, mas que solteiro já não se encheu desse nhenhenhe de dia dos namorados nestas últimos semanas? Por mais que este seja um momento maravilhoso para quem tem alguém para compartilhá-lo, a grande maioria da sociedade, hoje, está SOLTEIRA. Então o Trinta aqui decidiu fazer um post diferente, um pouco mais coerente com a nossa ("Ok, meu filho, para de generalizar sua solteirice só para se sentir melhor!") situação atual. Um post especialmente feito com alguns famosos personagens solteiros (ou quase isso) - e muito bem resolvidos! - do mundo dos livros. Achou que eu ia fazer Top casaizinhos lindjenhos para você poder pegar o seu potão de sorvete e se afogar nas gordices? Deixa disso que o EL é um blog otimista demais para se manchar neste trelelé! Bola pra cima que não viemos aqui para choramingação!


Por essa você não esperava, né? Pois fique sabendo que esta severa Professora de Transfiguração tem muito a nos ensinar sobre postura e sucesso. Minerva sempre foi uma das minhas personagens preferidas da saga HP graças a sua experiência e austeridade, qualidades que nem uma Hermione caída de amores pelo RonRon~ consegue ter. Se você pensar bem, esta gatuna é uma das poucas personagens que sempre se manteve fiel ao que realmente é desde o primeiro livro de Harry Potter, e por mais (pseudo-spoiler) que no final ela tenha mostrado um pouco mais de fragilidade, em nenhum momento ela fraquejou ou perdeu as estribeiras. Ok, menos quando ela dava a louca e tirava cinco pontos da Grifinória.


Team Peta? Team Gale!? Bitch, please! Katniss é a prova viva de que uma garota pode sustentar uma família, usar armas de grande porte, ser emocionalmente segura e tacar o pau da barraca independente de qualquer macho no seu pé. Mesmo dentro de um triângulo amoroso lindo e maravilhoso - fan boy mode off -, nossa querida garota de fogo sempre teve em mente que existe muito mais na vida do que um alguém para fazer pãozisse ou bolcheviquisse pro seu lado. Todas as suas escolhas sempre prezaram em primeiro lugar a vida de sua irmã Prim e, claro, sua sobrevivência dentro do jogo. Amor próprio, seu nome é Katniss! 



Entre um "sol do meu dia" para cá e uma "lua da minha noite" pra lá, (Ou algo assim, porque aqueles apelidinhos carinhosos entre Drogo e Dany... Vou te contar, hein?) jaz uma verdadeira líder de guerra cheia de fúria e sagacidade. Por mais que você possa não a considerar exatamente uma mulher solteira, uma coisa não podemos negar: Daenerys Targaryen é Daenerys Targaryen, e ela será poderosa com rei ou sem rei. A mamacita dos dragões sabe controlar suas emoções como uma naja preparada para dar o bote, e mesmo sendo muitas vezes uma mulher fria, Dany tem suas boas intenções. 







Adaptações cinematográficas à parte, você imagina este inglês charmosão com alguém? Pois é, eu também não! Tirando o seu caro amigo Watson - e não me venha fala que faz parte desse shipper! - , ele é um personagem que transcede o seu tempo, sendo feliz ao se dedicar quase que exclusivamente ao seu trabalho de detetive. Doyle sempre soube trabalhar muito bem a personalidade um tanto exótica do sabidão e, mesmo sendo um homem super interessante e apaixonado pela Irene Adler, não é muito natural o imaginarmos com uma parceira amorosa ao seu lado. Ele sempre foi o one and only Sherlock Holmes.






Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial

0 comentários: