Cinco livros (aparentemente) interessantes que me deparei em 2013

By | domingo, abril 28, 2013 Leave a Comment
Uma pré-seleção de livros que acabaram entrando no meu caminho em 2013


O ano nem passou da metade e cá estou eu brincando de profeta; Hoje, este Trinta aqui do Escolhendo Livros quer nomear o que ele acha ser os cinco romances mais instigantes que ele "bateu por aí", por acaso, nas livrarias, sites e tumblrs da vida. Não prometo para vocês, caros leitores, uma lista sem alguma parcialidade, pois isso seria fisicamente impossível. Mas como sou um menino muito dedicado, cof cof,  tentarei ao máximo me focar em gêneros, nacionalidades e autores diferentes para deixar todo mundo feliz. E não tenham medo de discordar! O que quero abrir aqui é uma discussão tanto para criticar as minhas escolhas como para indicar possíveis outras obras que tem tudo para bombar nesse ano pós-apocalíptico.


O título responsável por (finalmente!) tirar Cinquenta Tons de Cinza do topo das vendas merece seu posto no pódio. Garota Exemplar (Título Original: Gone Girl)  foi lançado lá fora em 2012, mas chegou em terras tupiniquins apenas este ano. Composto por um suspense voraz cheio de reviravoltas, a autora Gillian Flynn relata os fatos acontecidos no quinto aniversário de casamento do casal Nick e Amy Dunne quando Amy simplesmente desaparece sem deixar vestígios de sua mansão no Mississipi River. Como o marido perfeito, Nick desata a procurar por sua esposa, encontrando pistas não apenas dos motivos de seu desaparecimento, mas de segredos que nunca deveriam ser descobertos. Para os cinéfilos, não precisa nem esperar muito! A produtora da atriz Reese Witherspoon já está trabalhando no screenplay da obra!. Mas se Reese se prestará a fazer o papel principal, aí é outra história...

                                                           

Quem nunca ouviu falar de O Iluminado? Pois é, sempre quando penso nessa obra-prima de Stephen King, me lembro da cara de louco de Jack Nicholson na versão para os cinemas de Stanley Kubrick. Pois para quem ainda não teve a chance de se informar sobre o assunto, o mestre do terror já escreveu e tem a data para o lançamento da sequência de The Shining firmada: 24 de Setembro de 2013. Doctor Sleep continuará a história de um agora envelhecido Dan Torrance que terá que salvar uma garotinha de doze anos muito especial das garras de uma equipe de paranormais. A grande surpresa dessa história é que a temática "vampiros" será abordada... Mais. Uma. Vez. Será que O Iluminado combina mesmo com os filhos da noite?
















Ganhador do prêmio Debut Novel, listado na National Bestseller Prize e nomeado para o Russian Booker. Este é Petroleum Venus, um livro russo tragicômico repleto de temáticas variadas como síndrome de down, paternidade e o misticismo de uma obra de arte.  Este livro debut do autor Alexander Snegirev conta a história do arquiteto Fyodor, pai de um menino com síndrome de down que apenas lhe dá dor de cabeça. Na verdade, o garoto é uma vergonha para Fyodor, que detesta a dependência quase absoluta da criança consigo. Mas assim que um acidente de carro acontece e uma pintura místeriosa aparece em sua vida, a visão de Fyodor sobre o relacionamento com o seu filho dá uma volta de 360 graus. Um must read para qualquer pessoa que se interesse por um drama inteligente e cheio de simbologias. No Brasil, Petroleum Venus ainda está sem previsão de lançamento, infelizmente.

                                                       













Apesar da série ter sido lançada de 2009 para 2010, o livro "1Q84" apenas foi chamar a minha atenção recentemente em uma visita à Saraiva (que finalmente decidiu deixar o livro "mais exposto" devido a essa febre distópica no mundo editorial). O romance já vinha atraindo uma legião de fãs tanto nipônicos quanto ocidentais desde 2011, quando em 25 de Outubro, as livrarias americanas tiveram que ficar abertas até a meia-noite para atender todos os clientes. O autor Haruki Murakami faz uma alusão ao romance 1984 de George Orwell ao contar as histórias entrelaçadas de uma assassina que descobre um universo alternativo escondido em uma escada de incêndio (Cuma?) e a de um professor de matemática que precisa reescrever a história de uma menina de 17 anos. O que uma coisa tem haver com a outra? Onde está a alusão à Orwell nisso? Tsc, tsc. Assim o mistério perde a graça, pô!














Chegando no Brasil só agora, O Teorema Katherine é o novo livro do nerdfighter John Green lançado aqui no país. Não é preciso nem explicar o motivo de eu já ver o livro com bons olhos, não é? Tem Green no meio eu já fico curioso! E como a história de An Abundance of Katharine é um tanto absurda, o romance acaba chamando ainda mais atenção: Colin Singleton gosta de Katherines. Não Kat, Catarina, Carolina, nada disso. Ka-the-ri-ne. No total, já foram onze namoros, todos com garotas do mesmo nome, fato que o inspirou a criar o Teorema Katherine: Uma série de cálculos bizarros e totalmente insanos de como o seu namoro irá terminar antes mesmo dele ter começado. Só o enredo em si já me dá vontade de comprar o ebook. (Falando nisso, porque eu ainda não comprei!?) Wishlist approved!

 Gostaram da listinha? Críticas? Recomendações? Cortes? Xingamentos? Pode meter o pau, eu deixo. (Não.)



Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial

0 comentários: