Lugares de Livros: A Pirâmide do Louvre - A lenda dos painéis de vidro em "O Código da Vinci".

By | quinta-feira, novembro 14, 2013 Leave a Comment
A belíssima e estonteante entrada do Museu do Louvre em Paris
Como um dos museus mais famosos no mundo, o Palácio do Louvre (Palais du Louvre) precisava de uma entrada tão grande e monumental quanto o seu nome. E foi através do arquiteto I.M. Pei no ano de 1984 que a Grande Pirâmide foi concebida. Ela, uma gigantesca obra de vidro capaz de atar os limites entre o conhecido e o desconhecido, divergiu opiniões ao redor do mundo, principalmente devido a sua estrutura, no mínimo, peculiar. No Lugares de Livros de hoje, conheça a curiosa lenda dos painéis de vidro relembrada pelo polêmico O Código da Vinci!

"O Sólido é para os mortos, mas o transparente é para os vivos."
( I.M. Pei.)
                                                      
Fonte: Wikipédia

Em 2004, Dan Brown causou uma belo ~burugundum~ em seu livro O Código da Vinci ao renascer uma antiga lenda urbana sobre a quantidade de painéis de vidro utilizadas para a arquitetura da Grande Pirâmide. Segundo os boatos populares, a construção foi formada exatamente por 666 painéis de vidro, o Número da Besta. Esta história ganhou pauta quando este curioso número de vidros foi divulgado em 1980, na brochura oficial da construção da pirâmide. Para jogar mais lenha na fogueira, vários jornais da época também confirmaram a estatística, mas pouco se sabe sobre a veracidade dos dados. O Museu do Louvre, no entanto, replicou que a Grande Pirâmide possui, na verdade, 673 painéis (603 losangos e 70 triângulos). Hum... Muito estranho.

                                      
                                   I.M.Pei em 1989 com a maquete da Grande Pirâmide. Imagem: architeturalmodels

Mesmo com o comunicado oficial do Palais du Louvre, lendas são lendas, e Dan Brown fez questão de deixar esta bem viva no imaginário parisiense. Mas sejamos sinceros, dá para realmente se importar com isso diante de uma maravilha como esta?

Pois nós do Escolhendo Livros ainda faremos um city tour por lá para contar vidrinho por vidrinho... Marquem nossas palavras!

A Grande Pirâmide nas gravações de Meia-Noite em Paris (2011). Fonte: virgileseptembre

Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial

0 comentários: